Últimas Notícias

Buscando melhoria da qualidade da água com a CEDAE no Rio de Janeiro

 

Na manhã desta quarta-feira, 22 de maio, me reuni com o Diretor da Região do Interior da Companhia Estadual de Águas e Esgostos – CEDAE, o Sr. Carlos Henrique Coelho, para solicitar apoio para que o município de Barra do Piraí solucione o problema do abastecimento de água tratada. Entre meus pedidos, cobrei providências quanto à retomada das obras da Estação de Tratamento de Água do bairro Campo Bom.

Braz, como é carinhosamente chamado por todos na CEDAE é funcionário de carreira da empresa, há 24 anos e me explicou que hoje, existe uma exigência do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro requerendo a atualização da planilha de valores. O diretor se comprometeu a tomar ciência imediata deste processo e em breve, informará as providências que serão tomadas sobre o caso.

Aproveitei também a visita para relatar os problemas no nosso sistema de abastecimento e pedir o apoio da CEDAE para a manutenção das ETAs da cidade. Acredito que com o apoio técnico e logístico da CEDAE e com a ajuda no fornecimento de materiais para o tratamento, em uma parceria com a Prefeitura de Barra do Piraí, é possível a melhoria da qualidade da água para os barrenses.

A diretriz da empresa é a realização de ações emergenciais e de normatização das operações das ETAs junto ao Departamento de Controle de Qualidade, órgão da Gerência de  Obra e Qualidade da CEDAE, além da realização de novos processos para a aquisição de insumos e produtos químicos para atender as Estações de Tratamento de Água. Braz também comentou que solicitará à Gerência Regional que quantifique os serviços necessários para a substituição dos leitos filtrantes e dos floculadores das ETAs. A substituição periódica destes materiais é fundamental para a manutenção da qualidade da água.

“Como diretor do interior estou empenhado, como todo a CEDAE está empenhada, e isto foi estabelecido pelo Diretor Presidente da companhia, o Sr. Hélio Cabral Moreira a identificar as regiões críticas de tratamento e abastecimento de água e programar ações que garantam o padrão da água que chega às torneiras e estreitar a relação com a comunidade. Não temos interesse em interromper o convênio com Barra do Piraí.”, destacou Braz, que ainda disse que o convênio celebrado entre a CEDAE e o município vai até o ano de 2031.

O diretor disse também que é preciso que a relação institucional entre a prefeitura e a Companhia Estadual de Águas e Esgotos seja fortalecida e disse que pretende vir à região muito em breve para tornar esta relação ainda mais consistente.

A situação do tratamento e abastecimento em nossa cidade me preocupa muito, assim como o processo de terceirização do serviço e por isso solicitei esta reunião para demandar providências da empresa a fim de melhorar a qualidade da água de nossa cidade.

Me coloquei a disposição do diretor e da presidência da CEDAE para que juntos possamos solucionar este grave problema que é também importante questão de saúde pública.

#SouBarrense