Últimas Notícias

CEASA Instalará Banco de Alimentos em Barra do Piraí

 

Na manhã desta terça-feira, me reuni no gabinete do prefeito Mario Esteves com o Chefe da Divisão Operacional DIOPA II do CEASA (Central Estadual de Abastecimento), Sérgio Miranda de Araújo, para tratar sobre a implantação do Banco de Alimentos em Barra do Piraí.

O Banco de Alimentos, gerido pelo CEASA-RJ é um equipamento de segurança alimentar e nutricional responsável por captar alimentos para doações nas Unidades da Ceasa (Grande Rio, São Gonçalo e demais mercados do interior). É um órgão de mobilização social que funciona como uma central de arrecadação, processamento e distribuição de alimentos que não foram comercializados, mas que estão em perfeitas condições para consumo. Estes produtos são doados por produtores e comerciantes e, no Banco de Alimentos, passam por um processo de seleção e processamento, quando necessário. Atualmente, o programa já atende a mais de 100 instituições, beneficiando mais de 36 mil pessoas.

Em 2016, enquanto esteve no comando da SEDRAP (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca), o deputado estadual Zé Luiz Anchite viabilizou a vinda do polo de distribuição para o município, mas o momento político não permitiu que os esforços do deputado alcançassem êxito.  

Na reunião de hoje, ficou acordado entre prefeitura e CEASA PRIORIDADE ao projeto e após a reunião, que contou também com a presença do Secretário Municipal de Governo, Flavio de Andrade Camerano e do Secretário Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Wagner Bastos Aiex, visitei ao lado de Sérgio Miranda e de Flavio Camerano, o local onde será instalado o galpão do programa. Foi escolhido o prédio da antiga Açúcar Itamaraty, atual secretaria de serviços públicos para o desenvolvimento do projeto.

 

 

O projeto será totalmente subsidiado pelo governo do estado, tem como lógica, criar um ponto altamente equipado para recepcionar estes alimentos e fazer a conservação e distribuição.

Aproveitando o momento, me dirigi à Secretaria Municipal de Agricultura para me encontrar com o secretário da pasta, Jose Mauro Leite Lima para solicitar um levantamento dos produtores do município, bem como o que cada um deles produz. Com este Raio-X, será possível incentivar estes produtores, aquecendo a economia familiar. Com este programa, o pequeno produtor terá escoamento para sua produção, gerando trabalho e renda com a compra dos produtos por parte do Banco de Alimentos, que conta com verba federal para isso e distribui estes alimentos para as instituições cadastradas, hoje, 19 na região e que, com a instalação do polo em Barra do Piraí, fará com que este número dobre em um curto espaço de tempo.

 

 

Barra do Piraí tem vocação agropecuária e fomentar este modelo será vantajoso para a cidade.