Últimas Notícias

 

Nesta quinta-feira, 30 de agosto, apresentei duas importantes indicações para atender aos moradores do bairro Asa Branca. Estive lá nesta semana e pude ouvir deles o que precisam.

Na Indicação 924/2018 solicito a instalação de sistema de abastecimento de água tratada para atender aos moradores da Estrada Manoel Coutinho de Carvalho, à altura do número 2930, q sofrem com a falta de água, sendo obrigados a pedir com vizinhos ou buscar na mina que fica a cerca de 2 km do local, uma distância grande para transportar à pé, grande quantidade de água.

40447021 2179982248688981 322289123211608064 n

 

Já com a Indicação 925/2018, peço que seja implementada tubulação para escoamento do esgoto que corre a céu aberto entre os números 1699 e 1731, na vala existente entre a Rua Antônio da Silva Brinco e a Estrada Manoel Coutinho de Carvalho. Os moradores além de terem que conviver com o mau cheiro, ficam expostos a toda sorte de insetos e animais peçonhentos que encontram na vala, seu abrigo. Outro risco que correm é o de contaminação, afinal, a maior parte do material que corre pela vala é composto de excretos humanos.

40447021 2179982248688981 322289123211608064 n

 Para a Caixa D´Água, após ser procurado por moradores solicitando a reforma do pavimento que cedeu na Rua Francisco Mendes Franco, à altura do número 50, dei entrada na Indicação 926/2018. A enorme cratera existente no local já provocou acidentes e os moradores estão preocupados com a possibilidade de deslizamento, por se tratar do limite de uma encosta, ao lado da escadaria, local inclusive, onde crianças brincam e correm risco com este buraco.

40694722 288904348574252 8404792879880339456 n

 

É muito difícil observar situações como a dos moradores da Asa Branca em pleno ano de 2018. Não é possível que a atual administração não enxergue isto como um problema de saúde público.

Trabalho diariamente na busca de soluções para os problemas da população de Barra do Piraí e entendo que só é possível entender seus problemas estando perto deles, e não fechado dentro do meu gabinete. É este tipo de político que quero ser para os barrenses. Uma pessoa acessível e que ouve suas necessidades. Só assim serei capaz de realmente fazer o bem à esse povo que está se sentindo abandonado.

#SouBarrense

 

 

Nesta terça-feira, 28, na sessão plenária da Câmara Municipal, apresentei três indicações. Duas para o bairro Caixa D´Água e uma para a Grota do Urubu.

Nas Indicações 889 e 890, peço intervenções para um pequeno trecho da Rua Trajano de Moraes, antes do Largo do Jacarezão, que não possui calçamento e sofre com a falta de abastecimentos de água tratada. Trata-se de um trecho de cerca de 300 metros e de fácil solução destes problemas, por isso, fiz estes pedidos para que a Secretaria de Serviços Públicos e a Secretaria de Água e Esgoto solucionem estes problemas com a máxima urgência.

IDC 891

IDC 891

 

Já com a Indicação 891, solicito a construção de um muro de contenção na Travessa Ivete Siqueira Costa, transversal à Rua Adácio Cândido de Matos, na Grota do Urubu. O talude está escorregando sobre a residência de número 72 e, além disso, o pavimento está desmoronando, expondo a risco, transeuntes e motoristas.

IDC 891

Como disse anteriormente, a cidade precisa de mim por aqui, e não em campanha. Existem muitos problemas espalhados por toda a cidade e estou trabalhando diariamente para que os barrenses tenham seus pedidos atendidos.

#SouBarrense

 

 

O Executivo Municipal sancionou na última segunda-feira, 20 de agosto, a Lei 3.021/2018, de minha autoria, que dispõe sobre o combate à Violência Obstétrica no município de Barra do Piraí. A lei foi publicada no Boletim Municipal 992 de 23 de agosto de 2018.

 

40330158 906626652869746 3370062328077746176 n

 

40330158 906626652869746 3370062328077746176 n

 

A violência obstétrica, física ou psicológica, é uma realidade e pode ocorrer na gestação, no momento do parto e do pós-parto ou no atendimento em situações de abortamento. No Brasil, uma em cada quatro gestantes é vítima de violência no momento do parto ou no pré-natal, segundo a Fundação Perseu Abramo e abrangem atos de desrespeito, assédio moral, violência física ou psicológica e negligência.

 Esta lei é uma importante conquista para todas as mulheres, pois assegura seus direitos e prevê punições para os agentes que praticarem estes atos durante a gestação, no trabalho de parto ou logo após o parto e busca também, coibir a prática indiscriminada do procedimento médico conhecido como episiotomia, que é uma incisão efetuada na região do períneo (área muscular entre a vagina e o ânus) para ampliar o canal de parto, praticado em mais de 90% dos partos hospitalares da América Latina e na maioria das vezes, sem necessidade.

A experiência de parto deve ser um momento único e alegre para a futura mamãe e não pode se tornar uma experiência terrível e traumática!

Humanidade e amabilidade devem fazer parte deste processo e meu intuito é garantir este momento de protagonismo da mulher.

 

Desde meados de 2017 venho observando pelas ruas da cidade a falta de uma limpeza pública satisfatória. E muito deste aspecto passa pela falta de local adequado para os cidadãos que moram em localidades onde a coleta de lixo não é diária, depositem estes resíduos.

No domingo, 19 de agosto, mais uma vez vi reclamações da população nas redes sociais sobre lixo acumulado, e acreditem, em frente a Santa Casa. Imediatamente preparei uma indicação, que foi apresentada na sessão plenária da última terça-feira, 21 de agosto. Através da Indicação 853/2018 peço a instalação de uma caçamba no local.

Até o dia de hoje, 23 de agosto de 2018, já solicitei a instalação de 14 caçambas para coleta de lixo para diversas localidades do município,  porém, a política arcaica praticada pela atual gestão, que prefere não atender pedidos de vereadores que, eventualmente, questionam seus atos, prejudica quem sempre sofre, o POVO!

Acredito que fundamental para a saúde pública, a limpeza da cidade e investimentos em saneamento básico são primordiais para que doenças sejam prevenidas.  Como político, no lugar do prefeito, pensaria neste tipo de ações, afinal, a prevenção e manutenção são muito mais baratas que internações, além de melhorar a auto estima da população.

Em uma pesquisa simples pela internet, encontrei o valor dessas caçambas, e o preço varia entre R$ 900,00 e R$ 1.600,00. Fazendo uma conta rápida, o aluguel do carro blindado do prefeito custa cerca de R$ 7.000,00 por mês, o que serviria para comprar, mensalmente, considerando o preço mais caro, quatro caçambas. Aproximadamente 50 caçambas por anos, o que daria, ao final do mandato, 200 caçambas distribuídas por diversas localidades do município.

 

 

LIXEIRAS PREÇO 2

 

LIXEIRAS PREÇO 2

 

Infelizmente, o atual prefeito continua demonstrando que o povo não é tão prioridade assim, para quem anda de blindado com ar condicionado.

#SouBarrense   

 

O parto é o momento mais esperado de uma gravidez e as mães sempre desejam que o nascimento do bebê seja de forma leve, segura e confortável. Por este motivo, muitas mulheres acabam buscando o parto humanizado. Neste parto, a mulher se sente segura, emocionalmente e clinicamente, tendo sua vontade respeitada e não sendo obrigada a passar por intervenções médicas desnecessárias. Ele busca proporcionar às grávidas e aos seus filhos o máximo de conforto e segurança.

Importante para a realização do parto humanizado, a Doula é uma profissional treinada para dar apoio físico e emocional à gestante, antes, durante e depois do parto, em tudo o que ela precisar. Durante a gestação, ou mesmo desde antes da concepção, ela pode orientar o casal sobre o que esperar da gravidez, do parto e pós-parto. Ela ajuda a mulher a se preparar para o parto, das mais variadas formas. Com isso, a presença da doula vem sendo cada vez mais requisitada por parturientes em todo o país.

Por não ser, ainda, considerada uma profissão, o ofício de Doula requer lei específica, portanto, na sessão desta quinta-feira, 16, da Câmara Municipal, meu Projeto de Lei 118/2018, em parceria com os vereadores Paulinho do Royal e Pedrinho ADL foi aprovado por unanimidade. Agora, resta apenas que o prefeito sancione a Lei e as Doulas tenham acesso garantido às casas de saúde a as gestantes também não sejam taxadas pela presença da Doula.

Quando ingressei na política foi pensando em realizar ações deste tipo, que impactem positivamente para a população.

#SouBarrense

Conheça o Projeto de Lei 118/2018:

 

 

 

 

PL DOULA 5

PL DOULA 5

PL DOULA 5

PL DOULA 5

PL DOULA 5